Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Morfindes a Illidari

Morfindes a Illidari

Outlaw Rogue - Xanthos

Xanthos.png

 O Xanthos é mesmo a minha criação mais recente. Ainda só tive oportunidade de jogar com ele para aí durante duas horas e meia (mais coisa menos coisa) e sim, só é nvl 20 (os heirlooms ajudam bastante no leveling). 

 

Em minha defesa, não tinha nenhum rogue no Emerald Dream e nenhum com a especialização Outlaw. O meu rogue principal é o Kiryel e a especialização dele é Assassination (que aparentemente não é muito popular nos tempos que correm, mas eu gosto muito de jogar neste spec e gosto do dano que faz). Os outros 2 rogues são a Taby (também Assassination, mas vou pensar se não vou dar um giro em modo de Subtlety) e a Llilith (que era Assassination mas agora mudei-a para Outlaw).

 

Ora bem, quando a malta vê muitos jogadores a jogarem com esta especialização, inevitavelmente, perguntamo-nos porquê? Principalmente depois de já termos testado o artefacto e não termos achado grande coisa e por isso não o utilizámos - praticamente - mais vez nenhuma. É claro que uma coisa é experimentarmos uma nova especialização ao nível 100 ou 110 e outra é crescermos com essa especialização, por isso surge então o Xanthos. 

 

 

Até chegarmos ao nível 10, esta especialização é igual às outras duas sendo que - por default - são automaticamente Assassination e por isso convém mudar o spec quando chegamos a este nível porque os "feitiços" (chamemos-lhe assim) são diferentes. Depois quando chegamos a nível 15 já podemos então começar a escolher talentos, mas entretanto confesso que senti uma certa satisfação em andar aos tiros, desenfreadamente, acertando em tudo o que nos aparece pela frente. De alguma forma fez-me lembrar a classe dos Gunslingers no Aion (sim, também jogo Aion quando calha e tenho a minha própria Legião... por falar nisso tenho de  lá ir ver como está aquilo), mas com menos rajadas... na verdade, não tem rajadas o que é uma pena. Adiante, escolhi como profissões o Skinning (para aumentar o critical strike) e o Mining (para aumentar a Stamina)... mas agora fiquei a pensar que Engineering poderia também ter sido uma opção viável por causa das bombas, bom tudo bem isso agora também não vem ao caso. 

 

Esta especialização funciona bem em dungeons, ou pelo menos nas dungeons iniciais em que não é preciso grande cuidado com o tipo de jogo que se faz, o nível de dano é bom e é muito giro competir com os hunters para ver quem dá mais tiros. Além disso podemos dar tiros ao mesmo tempo que corremos o que é uma grande vantagem quando se anda a correr atrás do tank por uma dungeon a fora.

 

De um modo geral, até agora, esta especialização parece ter um tipo de jogo muito mais fácil do que o modo Assassination. Não sei se será assim mais para a frente porque, como já disse no início, não tive uma grande experiência no nível cento-e-qualquer-coisa e nunca mais lhe peguei, mas por agora e para quem começa é uma opção muito engraçada, divertida e fácil. 

 

O spec build que estou a utilizar é o que sugerem para PVE e DPS  no website Icy Veins, sendo que como ainda não cheguei ao nível 30 ainda só escolhi o Ghostly Strike como talento, quando chegar ao 30 vou escolher o Acrobatic Strikes que é para dar tiros a uma distância maior.