Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Morfindes a Illidari

Morfindes a Illidari

O novo visual da Morfindes e cenas de Guildas

Morfindes.png

 Morfindes, em élfico (ou pelo menos em élfico do gerador online de nomes que eu usei), quer dizer "a donzela de cabelo negro" e eu - como não posso mudar-lhe a cor do cabelo (senão o nome passava a não fazer sentido), resolvi aproveitar a semana em que decorre o Trial of Style e mudar-lhe o visual. Tanto o "barbeiro" como os "Transmogs" são gratuítos e por isso mudei o visual a quase todos os meus personagens. 

 

No passado fim-de-semana, para além das questões relacionadas com o estilo, também tratei de subir um dos meus paladinos até 89, uma druida até 60 (que coitadinha, já não jogava com ela há imenso tempo), duas hunters até 70 e mais dois mages um até 45 e a outra até 47. Posteriormente, como também já não pegava na outra hunter, que tenho no Emerald Dream, resolvi entrar para lhe mudar o visual e descobri que me tinham kickado da Guilda onde estava.  

 

Ora bem... esta é a Shaazi:

 

Shaazi.png

 A Shaazi fazia parte de uma guilda, cujo nome nem sequer me lembro e por isso não devia ser muito impressionante. Criei-a na altura que começaram as invasões do Legion porque foi nessa altura que os gnomos já podiam ser hunters e eu não tinha nenhum gnomo hunter. Foi nessa altura também que me convidaram a tal guilda e eu aceitei, só para não ter de estar sempre a carregar no botão do "decline". Está no nível 53 e é boa rapariga, apesar de não lhe dar muita atenção. 

 

Normalmente eu jogo com aquilo que me apetecer na altura e ultimamente ando numa onda de paladinos. Como não tenho nenhum a um nível muito alto, gostava de ver como é que é ter um para aí no nível 90. Outra coisa que também descobri e para o qual não tenho explicação é que os anões correm mais depressa do que as anãs... não percebo porquê. 

 

Kazz - O paladino pseudo-tank

Kazz.png

 Este é o Kazz, a minha criação mais recente. Criei-o porque ando há anos a tentar dominar a arte de ser tank. É verdade que o esforço não é muito grande, até porque os consecutivos falhanços com os druidas, com os warriors e inclusive com os monks acabam por desmotivar uma pessoa, pese embora toda a gente diga que ser tank é fácil.

 

Pequenada... deixem-me dizer-vos uma coisa... levar porrada nunca é fácil. Nem quando se quer, nem quando se não quer e eu sei - também por experiência - que culpar o healer é sempre uma boa desculpa mas às vezes a culpa não é do healer.

 

Conclusão, esta era a única classe que eu ainda não tinha experimentado como tank. Portanto, apesar de ter outros 3 paladinos, que são estes:

 

Paladins.png

 a verdade é que não sou ousada o suficiente para testar as minhas competências como tank ao nível 85, efetivamente, nem ao nível 32 (mas experimentei levar a Seraphyne para a Ragefire Chasm como tank para fazer uns testes). Bom, então criei o Kazz para começar com um nível mais baixinho e quando cheguei ao nível 15 lá fui eu para uma dungeon, cliquei no LFD e naquele preciso momento em que devia ter selecionado o escudo do tank... eeeeepáááááá, borreguei e selecionei DPS. Mudei o spec para retribution e siga. 

 

Por outras palavras... tive medo. 

 

Assim o mais pertinho que tive de desempenhar o papel de tank foi quando perdemos o nosso e eu generosamente ofereci-me para temporariamente não estarmos parados à espera que um novo tank aparecesse. Felizmente não morreu ninguém, mas o nível de segurança no que estava a fazer era zero. No entanto, tenho a dizer que curto à brava aquela cena de atirar o escudo. Na verdade, passo o tempo a atirar o escudo e a ver o martelo a andar à volta... é que aquilo é mesmo engraçado. 

 

 

Dos raids antigos - Firelands - Cataclysm

MTI.jpg

 É verdade, no domingo levei a Morfindes num passeio pelas Firelands.... ou Terras de Fogo, como lhe chamam em português. Se querem saber, foi a primeira vez que lá estive já que eu nunca tenho item level suficiente para participar em raids... quer dizer, na verdade é mentira. Participei uma vez num raid a Zul'Gurub - pré-cataclysm - com a minha healer chamada Gefjon (é uma anã e eu achei o nome giro)... digamos que foi um desafio chegar ao fim e não foi pela minha incompetência curativa. Mais tarde, voltei lá com a minha hunter e parti o tasco todo.

 

Mas adiante, então a Morfindes foi passear até às Firelands. Turisticamente falando, aquilo ali parece um bocado quentinho mas gostei muito, tem uns drops giros que ficam bonitos em transmogs. A parte chata é que também tem muita coisa que é para criar loot para uma classe específica e que por acaso não era a minha. Mas pronto estive a dar um giro por ali e até achei que poderia ser engraçado levar lá pessoal de nível 85, tipo turismo. Não me parece que dê muitos XP mas o loot até tem a sua piada.

 

Agora vou à procura de raids que "ofereçam" mounts... espero que não tenha de fazer aquilo 1500 vezes até que caia alguma coisa porque é chato como o caraças.      

A título de boas vindas

Bem vindos.png

 Ok, aqui publicarei os meus desvarios em relação a este jogo. Então o que é que precisam de saber em relação aqui ao tasco?

Ora bem, primeiro há que saber que este não é um blogue exclusivamente dedicado à classe dos Demonhunters, porque com 44 personagens (sim, a mais recente - que criei ontem - é um Paladino anão chamado Kazz) é dificil especializarmo-nos só numa classe e portanto, o mais natural é que eu vá escrevendo sobre todas. 

Em segundo lugar, este não é um blogue dedicado somente a uma facção. É dedicado às duas. Eu jogo tanto do lado da Horde, como do lado da Alliance e tenho personagens no nível 110 tanto de um lado, como do outro... e tenho os dois achievements, tanto o For the Horde, como o For the Alliance. 

 

Terceiro lugar, não sou um supra-sumo de nada. O meu equipamento é praticamente um cócó, o meu item level uma desgraça, só recentemente é que comecei a fazer um DPS de jeito (e não é todos os dias). Tenho 3 Guildas (2 da Horde e 1 da Aliança), mas só uma é que criei porque nas outras duas usurpei o poder. Tirando isso, é claro que não participo em Raids porque o meu item level não chega nem para Heroic Dungeons no Legion... ainda... de qualquer forma, não é algo que me preocupe.

 

Ah! Sim, Também não vôo nem nas Broken Isles nem em Draenor... ainda estou a tratar disso. Não faz mal, vôo nos outros lados.

 

Conclusão, neste blogue não se aprende nada mas para desvarios tenho a certeza que vai ser fantástico, principalmente, porque ontem descobri que os Priests de Holy são fantásticos para fazer quests.