Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Morfindes a Illidari

ALGUMAS NOTAS PESSOAIS SOBRE AS ALTERAÇÕES RECENTES AO WORLD OF WARCRAFT

19.02.18 | A Diva do Sofá

MAI_blog.jpg

 

Neste fim-de-semana resolvi dar algum descanso às minhas personagens principais e – como tenho lido imensas críticas à Blizzard de montes de jogadores meio descontentes – fui experimentar as ditas cujas.


Ora bem, não posso dizer que fiquei descontente com as mudanças implementadas. Na verdade, e no que respeita à exploração do conteúdo do jogo em modo de PVE, agradou-me o facto de se dar mais importância à parte das quests que era algo que, notei, se tinha vindo a perder desde o lançamento do Mists of Pandaria. Isto é, basicamente, uma pessoa quando criava um personagem novo e queria chegar rapidamente ao nível 85, bastava-lhe equipar-se com heirlooms e fazer dungeons durante uma semana de seguida. É assim, este tipo de facilidades para quem joga World of Warcraft quase desde o início, não foi muito boa onda por isso trazer de volta algum equilíbrio entre aquilo que o jogo era e aquilo que se tornou não me parece que seja uma má política. E isto leva-me à segunda parte da coisa, as dungeons… pode ter sido impressão minha, mas fazer dungeons pareceu-me mais interessante. Digo interessante porquê? Porque nos grupos em que entrei não apanhei ninguém a correr desenfreadamente pela dita e fazer aggro a todas a mobs, esperando que miraculosamente o healer tivesse mana suficiente para não deixar morrer os convivas.

 

Também é verdade que posso ter tido apenas sorte com os grupos, mas fiz a experiência em diferentes alturas do dia com personagens de níveis diferentes e de um modo geral achei-os mais ponderados. Matar mobs pareceu-me mais desafiante (porque já não bastam duas pauladas para a criatura virar o boneco) e claro matar bosses também, dado que reintroduziram algumas mecânicas de combate aos mesmos. Ou seja, devolveram às dungeons um bocado daquilo que lhes tinha sido tirado e isso eu acho muito positivo. No entanto, ainda neste capítulo há uma coisa que – continua a ser uma grande crítica por parte de muitos jogadores e com a qual eu também concordo – não achei positivo e que é o tempo de espera no LFD. 20 a 30 minutos de espera (e às vezes mais, segundo alguns relatos), não é muito apelativo… na realidade não é nada apelativo. Por exemplo, o meu tempo de tolerância são 10 minutos depois disto clico no leave qeue e vou à minha vidinha. Tudo bem que queiram promover a ideia de jogar com os amigos e jogar com as guildas e bla bla bla, mas convenhamos… muitos dos meus amigos simplesmente deixaram de jogar quando resolveram introduzir todas aquelas facilidades e não está fácil fazê-los regressar, por isso e numa perspetiva muito egoísta, tempos mais curtinhos seria desejável… se possível é claro já que quando se aumenta o grau de dificuldade das dungeons, também se aumenta o tempo de conclusão de cada uma e consequentemente também pode aumentar o tempo de espera.

 

Finalmente, apesar de se tratar de algo que penso que será implementado com a nova expansão, devolver a personalidade às famílias dos pets dos hunters é muito, mas muito positivo. Cada família de pets tem a sua função e a sua utilidade consoante o tipo de jogo e consoante os respectivos momentos. Gerir a utilização dos pets faz parte de saber jogar esta classe (algo que também se perdeu ao longo do tempo), e vá lá que até nem é muito para gerir porque quando eu comecei a jogar com um Hunter, tínhamos de gerir as flechas (a quantidade e o tipo de cada flecha), tínhamos de gerir a alimentação dos pets (não só aquilo que eles comiam, mas também tínhamos de os alimentar senão os tipos fugiam se estivessem descontentes) e tínhamos de gerir a utilização dos pets consoante a situação em que estávamos. Portanto, recuperar alguma dignidade para esta classe é bom.

 

Conclusão: a minha avaliação geral, sobre estas pequenas alterações que têm vindo a ser implementadas, não é de todo negativa. Pontualmente lá poderá surgir uma ou outra coisa, mas de momento não discordo das alterações que têm vindo a ser feitas, nem discordo das alterações que estão previstas. É também verdade que não se pode agradar a gregos e a troianos, mas epá se querem um leveling rápido comprem um boost.