Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Morfindes a Illidari

Morfindes a Illidari

O fim-de-semana da Zulmyra.

Zul_DDS.JPG

 

Este meu fim-de-semana foi um bocado mais comprido do que os outros. Como na passada quinta-feira foi feriado, aproveitei e na sexta-feira fiquei em casa … salvo seja, também fui à feira do livro. Pelo caminho desbloqueei duas raças aliadas (os lightforge draenei e os nightborne) e o Broken Isles Pathfinder (que já era sem tempo, embora mais valha tarde do que nunca).

 

Ora bem, depois desta sensação de missão cumprida (e de ir a correr criar 2 personagens novos), dei descanso aos meus personagens principais e fui dedicar algum tempo de antena à Zulmyra.

 

A Zulmyra é a minha Shaman predilecta e a segunda a ser criada, apesar de ser a primeira (e única) da Horde. Inicialmente especializei-a em elemental e foi assim até ao nível 103. O leveling destes primeiros níveis foi feito muito à base de Legion Invasions e Timewalking dungeons, mas tudo isto foi só até ao último Timewalking event do Lich King. Durante este evento, a única dungeon em que entrei resolveram kickar-me do grupo sabe-se lá porquê (é que não sei mesmo). Mas tudo bem, aproveitei o tempo para ir buscar o artefacto da especialização de enhancement.

 

Entretanto, devo confessar que uma das coisas que me estava a incomodar um bocadinho nesta classe, e nesta expansão especificamente, era a sua taxa de mortalidade. A taxa de mortalidade de um Shaman, no Legion, é pior do que a de um Mage, ou de um Priest e o equipamento destes é tecido!! Então a taxa de mortalidade quando se é elemental ou restoration é absolutamente terrível e algo que nunca me tinha acontecido nas expansões anteriores. Daí que resolvi mudar para a especialização enhancement, só para verificar se a sobrevivência aumentava.

 

Conclusão… De um modo geral aumenta. Aumenta, mas – para quem anda solo - convém ter alguns apoios adicionais. Nomeadamente: o Duke Hydraxis como guarda-costas (e quando se tem poucos campeões por onde escolher), e o talento rainfall porque nem tudo pode ser resolvido com o healing surge e porque devido às características da especialização, o mana é bastante limitado. É claro que vão ver uma série de opiniões divergentes e a dizer que o bom mesmo é o windrush totem. Pois… deve ser… mas eu não me importo de correr mais devagarinho se isso significar que asseguro a minha sobrevivência. Seja como for, cada situação tem um contexto diferente se estivermos a falar de dungeons se calhar há determinados talentos que funcionam melhor, se estivermos a falar de raids há outros mais adequados e se estivermos a falar quests há ainda outros. Tecnicamente – e desde que tenham um tomo da mente tranquila – podem escolher a melhor combinação para cada situação, se não estiverem para isso então o melhor é escolherem uma opção tipo tamanho único e que seja funcional para todas as situações (que é basicamente o que eu faço).

 

Outra coisa que também ajuda consideravelmente (nalgumas classes mais do que noutras) é o equipamento. Convém ter o equipamento o mais adequado possível ao nível em que se está e se puderem aproveitem alguns saldos do Auction House. Não é que valha muito a pena estar a gastar muito gold em equipamento que não nos vai servir para nada daqui a 2,5 meses, mas sempre é menos algum que gastam em reparações.

 

Finalmente, e para compor o ramalhete, fui buscar o último artefacto que me faltava e que era o de restoration. Que tragédia… Acho que nunca disse tanta obscenidade em frente a um PC. Eu já chamava nomes àquela coisada toda! Além de que detesto o Throne of Tides!!! Tirando isso, não acho que o Shamans sejam muito bons healers. Druidas e Priests, óptimo, fantástico, fazer o leveling com um priest especializado em discipline é muito bom, mas por outro lado fazer o mesmo com um resto shaman nem por isso, o que é pena porque o meu primeiro shaman era resto e aquilo até parecia que funcionava bem. Seja como for, também vou olhar melhor para esta especialização para ver se não estou aqui a cometer alguma injustiça.

 

Assim sendo e à laia de conclusão, na minha modesta opinião, de momento a melhor especialização para fazer o leveling de um shaman é enhancement. É verdade que não tem muitos totems, não tem os elementals (que salvaram a vida da Zulmyrinha várias vezes nas expansões anteriores), mas para jogar nesta expansão parece ser a escolha mais adequada.