Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Morfindes a Illidari

Um Resto Druid nos Invasion Points

26.03.18 | A Diva do Sofá

MAI_POSt.jpg

Pois é verdade, este fim-de-semana cumpri o prometido e levei a Zuky em modo de Restoration para os Invasion Points (também levei a minha priest em modo Holy, mas sobre isso falarei mais tarde).

 

Ora então o que dizer desta experiência?...

 

Posso dizer-vos que já não me divertia assim com um healer há bastante tempo. Desde logo porque como, normalmente, não é uma especialização com a qual costumo jogar, mais de metade dos spells eu não sabia muito bem para o que é que serviam. Maneira que desatei para ali a fazer spams de Efflorescence em conjunto com o Rejuvenation e siga. É claro que agora, que estou a olhar para a wowpedia é que me dei conta que podia ter distribuído uns lifeblooms também… quer dizer, se calhar posso ter distribuído porque eu acho que carreguei nos botõezinhos todos do Helium. Mas adiante, agora também não interessa nada, o que importa é que não deixei ninguém morrer. Pelo menos não no meu grupo, que era composto por 4 tanks e eu.

 

Confesso que pensei duas vezes antes de entrar com a Zuky, em modo de healer, nestes invasion points. Tal como já tive oportunidade de dizer, anteriormente, os meus dias enquanto healer deixaram de existir por altura da expansão Wrath of the Lich King, quando a maltinha começou a achar que desatar a correr por uma dungeon e levar as mobs todas atrás à espera de que o healer não deixe morrer ninguém, era uma boa maneira de se jogar. Como deixei de ter paciência para esse tipo de jogo, deixei também de jogar com as especializações em healer seja de que classe for. A única excepção a esta regra é quando os meus amigos me pedem… e invasion points, porque agora descobri que isto dos invasion points é giro.

 

Curiosamente, esta brincadeira fez com que o meu item level em modo de Restoration ultrapassasse o modo Balance. É claro que que esta não era a ideia, porque por defeito não jogo sempre em Restoration, mas como a diferença é só de 1 ponto também não me parece que seja muito grave. Pelo caminho, aproveitei para pegar umas relíquias para pôr nas garras de Ursoc que ainda só iam no nível 750.

 

Noutro dia, falar-vos-ei sobre a minha experiência com o meu Priest em modo Holy e da experiência da Morfindes em modo Vengeance.